Translate

Friday, November 30, 2012

O tetra do Flu em livro

Meu novo livrinho.

Tema: Fluzão campeão carioca e brasileiro em 2012.

Nas lojas em 10/12 (Saraiva, Travessa, Arlequim etc).

Pré-venda disponível no site http://www.7letras.com.br/duas-vezes-no-ceu-os-campeoes-do-rio-e-do-brasil.html 




Wind & Wuthering

Leme, 24/11/2012. 

Desfocado e p &b de propósito.











@pauloandel

Friday, November 23, 2012

Thursday, November 22, 2012

Street fighting men!

Forever young.

Wednesday, November 21, 2012

Solidariedade

Boa tarde, pessoal.

O menino que aparece queimado nas fotos abaixo e no respectivo blog chama-se Jordy Gonçalves, tem 15 anos e queimou-se para tentar impedir a morte da mãe em mais um dos incêndios "acidentais" que acontecem em SP.

Não bastasse isso, o menino se queimou antes de disputar provas de atletismo, pois compete no campeonato estadual.






Caso alguém tenha dúvida do que está escrito neste blog, pode conversar comigo, Paulo-Roberto Andel, ou acessar diretamente o programa "A Liga", da Band, onde esta difícil história está pormenorizada.

E quem puder colaborar, melhor ainda.

Não adianta ser apenas bonzinho ou apenas rezar. Todo respeito aos que rezam, por favor. Entretanto, faz a diferença quem efetivamente pratica o bem.

Conto com a atenção de todos e, desde já, meu muito obrigado.






Tuesday, November 13, 2012

Queria





Queria teu colo
teu dorso teu
gosto cru em mel
teu corpo ao
sul teu coração
em chamas
e os lábios em
ardor de caos
Queria teu verso
teu signo e um
campo de marte
onde pudesse
aterrissar em ti
até o céu ser dó
e o suor um si
Queria teu pelo
teu gosto teu
acalanto ao
lado mergulhar
na saliva doce
mordiscar tão
proibido o tão
cobiçado por
mim até que
um gozo fosse
de ti a ti – aí
eu seria teu
mar de mar
para a gente
mergulhar
onde o prazer
não tivesse
fim.

@pauloandel 13 11 2012

Friday, November 09, 2012

Metrópole




"Enquanto isso/ na enfermaria/ todos os doentes/ estão cantando/ sucessos populares"

Renato Russo, 1987

Tuesday, November 06, 2012

Desejo e sina



quem é você
a fazer da brasa
o incêndio
da garoa
a tempestade
da vontade
a obsessão?
quem é você
a semear amores
e colorir o gris
de toda tarde
que pareça nublada
e quase infeliz?
quem é você?
quem é você?
quem canta
teus mantras
e espanta
teus males
e te acalanta
e te arrebata?
quem é você?
quem é você?
quem é você
e teu sorriso
de vinte aromas
e teu colo de
mil armadilhas -
a morte não
existe o pecado
não amedronta
e cada sonho
que te faça
presente ao léu
é libido à vista
sem afronta
quem é você?
quem é você?
quem mora
neste poema
que desenho
é teu melhor
retrato vivo
diante do espelho:
argúcia, delícia
e sexo, feitiço
e calor do Rio -
brisa leve de orla
canto de sereia
imensidão de mar
atlântico a rigor –
pétala de amor
a triunfar num
jardim de sonhos -
quem te namora
é sempre a beleza
a beleza a beleza!
uma coroa dourada
cheia de pedras
encantadoras
testemunha
a vitória da tua
singela nobreza.


Paulo-Roberto Andel 06/11/2012

@pauloandel


Para Priscilla e Danielle

Sobre a obra de Roger Daltrey, John Entwistle, Pete Townshend e Keith Moon, “Who are you”, London, 1977