Translate

Saturday, April 23, 2016

Friday, April 22, 2016

Tuesday, April 19, 2016

società


@pauloandel

Monday, April 18, 2016

dores grátis


@pauloandel

Saturday, April 16, 2016

17/04



@pauloandel

Friday, April 15, 2016

Tuesday, April 12, 2016

brasileiros demais

deitado em seu último poema
o olho do morto é plácido
nenhum horizonte o fascina

todos rezam em lágrimas
porque as despedidas são miséria
e nada será um novo

o olho do morto, inerte, exposto
à curiosidade mórbida dos humanos
os amores estão todos perdidos
existe paz no silêncio

quem vai nos devolver o amor?

em algum lugar da memória
moraram nossos melhores dias:
todos se mudaram para o exílio

ninguém nos pensa
e um coração na mão bate forte
- o troco por favor!

ninguém merece a morte
da própria revista de História
até quando seremos brasileiros demais?
até quando o demais?

o amor parece prosperidade.

@pauloandel@

Wednesday, April 06, 2016